Paulo Skaf defende a mudança na desoneração da folha de pagamento


paulo skaf

O Presidente da FIESP Paulo Skaf, defendeu o projeto de lei que trata da desoneração das empresas, que receberam benefícios fiscais sobre a folha de pagamento no ano passado. A mudança significa reduzir a renúncia fiscal concedida pelo governo a alguns setores produtivos. A proposta do presidente é que os alimentos sigam com as alíquotas originais. Empresas de massas, pães, suínos, aves e pescados foram poupadas do aumento da carga tributária.