WORKSHOP EXPLICA COMO FAZER PIZZA SABOROSA E RENTÁVEL


O SIPAN e a AIPAN promoveram no último dia 28 de novembro o Seminário & Workshop da Pizza – Revolucionando a Forma de Fazer Pizza. O evento foi coordenado pelo Mestre Maurício Braga, que deu algumas dicas de processos e receitas para uma pizza saborosa e rentável.

Segundo ele é importante entender que não adianta querer ter uma pizza sensacional, é necessário ter uma pizza que agrade o cliente. “É importante você selecionar desses clientes aquele que quer uma pizza agradável, mas que também é lucrativa. Não adianta você ter uma pizza maravilhosa que te dê prejuízo ou uma pizza sensacional que não venda.”

O desafio das padarias, explica, é chegar nesse equilíbrio. Ele diz que no geral as pizzas de padarias são vistas como ruins, pesadas, cheias de cobertura, mais baratas, mas com massa que não é específica para pizza. “Para você ter uma pizza mais lucrativa em primeiro lugar é preciso pensar em sair do que todo mundo faz. Coloque um queijo diferenciado e aí você pode vender com outro preço, não importa se mais barato ou mais caro, conforme o custo do queijo, sempre pensando que tem que agradar o cliente e manter um bom índice de lucratividade.”

Um exemplo são as coberturas fora do padrão. Ele comenta que algumas pizzarias fazem a pizza de frango com catupiry, frango com requeijão, mas tem pizzaria que faz a pizza caipira. “Nessa pizza ele vai colocar um monte de coisa que aumenta a lucratividade dele. O nome caipira faz o cliente pensar que vai comer uma coisa diferente e você vai satisfazer a expectativa dele.”

Enquanto o mestre assava algumas pizzas e servia para os participantes, o presidente do SIPAN, Antonio Carlos Henriques homenageou o estudante Lucas Rocha e o professor da Escola Senai Horácio Augusto da Silveira, na Barra Funda, especializada na área de alimentação, Dante Caçada, pela participação no Campeonato de Panificação.

O presidente do SIPAN agradeceu a oportunidade de ter participado do evento e visto o desempenho da equipe brasileira que ficou em quarto lugar geral, e ressaltou o reconhecimento da panificação brasileira no mercado europeu nos últimos anos, depois da realização no Brasil de uma edição do evento. “Eles viram que sabemos trabalhar e agora estamos lutando pelo futuro da panificação e da confeitaria do Brasil.”

O diretor da Escola Senai, Estebe Insausti lembrou que o objetivo do Senai é justamente fazer com que esse trabalho seja estratégico no sentido de criar profissionais nos quais os jovens possam se espelhar. “O Senai da Barra Funda está de porta abertas.”

Ao final todos puderam apreciar as pizzas de vários sabores, verificando na prática as explicações do Mestre.